domingo, 24 de outubro de 2010

Poema no. 11

O amor é egoísta,
Sim – sim – sim, Tem que ser assim.
O amor, ele só cuida
Si – si – si, Só cuida de si.
(Tom Zé)
querer ser teu dono é como
te ter como um objeto vazio

presa e vazia ao pé da mesa
presa e solitária ao pé da cama
presa de meu ciúme voraz

ter seu sexo não é ter você
te ter gemendo sob mim
clamando por meu falo
misturando-se em meus fluidos
não é ter você

não posso te ter
ninguém pode

posso ter apenas a esperança de que me olhe
com uma ternura de alguém que um dia
me amará

2 comentários:

  1. Oi Mauricio....muito legal !!!
    Bjs, Ana Pires

    ResponderExcluir
  2. Lindo filho.Vai em frente.bjs

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...