quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Poema no. 15

agora você se foi

sua imagem doce
sua voz doce
em doce movimento

tudo se foi

até quando hei de me lembrar
de você?

não de você
homem, nome, avô, paulino, coisa de família

mas dos olhos fingindo ver
o que os ouvidos não escutam.

Um comentário:

  1. betekonishi@hotmail.com28 de outubro de 2010 23:41

    Parabens filho.Nunca se deixe vencer... Esse deu saudades em mim tbm.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...